Segunda-feira, 31 de Dezembro de 2012

Tarde doce

fotografia.JPG


Está frio. Chove torrencialmente. Vento. Lareira acesa. Preguiça. Ronha. Café a fumegar. Panquecas. Crianças a brincar. Um filme na TV. Manta. Há lá coisa melhor? Não me parece!
publicado por susana às 17:16
link do post | comentar | favorito
|

2013 desejos

O ano de 2012 está quase a partir. Deixa algumas boas recordações, até porque o considero positivo. Como é que não posso deixar que assim seja, quando em tempos tão difíceis, estamos bem de saúde, que nem todas as mazelas contam é verdade. Quando vemos a felicidade no sorriso dos nossos filhos, quando nos levantamos todos os dias para ir trabalhar. Nasceu a minha sobrinha e afilhada. Nasceu uma prima, uma linda princesa. Assisti a vários casamentos, um baptizado e um funeral. Chorei. Chorei muito. Passei por dias de grande carga emocional e nem sempre aguentei. Senti que bati no fundo e foi difícil levantar-me. Tive os meus momentos de tristeza e de solidão. Tive vontade de fugir. Sofri com o sofrimento dos outros e vibrei com vitorias que não foram minhas. Ainda assim ri muito. Viajei pouco, mas foram férias inesquecíveis. As insónias levaram-me tantas vezes ao desespero. Pensei desistir do blog e por longos períodos deixei-o ao abandono. Emagreci depois de uma dieta rigorosa e voltei engordar, portanto nova resolução para as próximas semanas. Pela primeira vez comi sushi e adorei. Perdi amigos e solidifiquei relações. Adorei ter feito anos. Não chorei nesse dia. Foi bom ter feito 40 anos. Por diversas vezes inscrevi-me no ginásio e desisti. Vamos ver por quanto tempo me aguento desta vez. Os meus momentos a sós foram escassos. Dediquei-me a mim, pouco tempo. Trabalhei com tanto afinco, passei horas no transito e tive uns três furos. Bebi bom vinho, brindei, sorri e saboreei bons assados. Passei muitas horas na cozinha a experimentar novas receitas. Coloquei gelinho nas unhas mas rapidamente percebi que não foi uma boa opção. Ainda não foi desta vez que o cabelo cresceu como gostaria. Outros nascimentos fizeram as nossas delicias. Adormeci tantas vezes nos braços dos meus filhos. Acordei outras tantas entre beijos e mimos. Deliciei-me com as actuações na escola, a evolução da aprendizagem. Quantas vezes me culpei por não ter sido melhor mãe e melhor filha. As brincadeiras com o nosso gato, a cumplicidade crescente com este pequeno de quatro patas que quase nos levou à loucura quando esteve tão doente e internado. Fiz uma ressonância magnética e um electrocardiograma e o stress levou-me ao hospital. Dos fracos não reza a história, por isso hão-de haver certamente uns 2013 motivos para me alegrarem no novo ano. A força que a família me dá, o apoio incondicional do meu amor e dos amigos, são certamente alguns deles.
Feliz ano para vocês também!
publicado por susana às 15:41
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 30 de Dezembro de 2012

Almoço em família

Há poemas inéditos. Há prosa tão melodiosa como um almoço de família. Há palavras que pouco precisam, para fazerem rimas extraordinárias e brilhantes. Por isso há pequenos almoços na cama, almoços bem tardios, velas acesas, conversas aos cachos e vinho que rima com tanta prosa. Uma refeição sublime, a conta certa, a família junta. E o ultimo domingo do ano, já em jeito de balanço, não podia ter sido mais positivo!
publicado por susana às 15:14
link do post | comentar | favorito
|

Um brinde aos amigos!

fotografia.JPG

publicado por susana às 14:57
link do post | comentar | favorito
|

A ultima vez?

Foi hoje. Tomei o pequeno almoço na cama. Arrisco-me mesmo a dizer que foi o primeiro. Aqui não se come na cama, que fica com migalhas!!!! Diz! E tantas vezes pedi, que hoje acedeu. Em tom de brincadeira, pois, pois, ai de que caia uma migalha na cama. Ai, ai!!! Mas está frio, está a chover e eu estou tão bem na cama. E o mimo soube bem!!! Já foi comprar pão e pelo som que vem da cozinha, a maquineta do sumo está a carborar! Estou pronta, prontinha!!!! Venha a mim o tabuleiro das iguarias matinais!
publicado por susana às 10:26
link do post | comentar | favorito
|

Revistas de bebés

Quando fui mãe de primeira viagem e mal soube da boa nova, devorei revistas sobre bebés. Adorava ler e aprendi muitas coisas, dissipei duvidas, outras tantas passaram a medos e outras deixaram mesmo de o ser. Há anos que não compro uma revista do género e quando tenho uma perto, francamente não lhe acho piada e não lhe pego. Como se achasse que só fosse encontrar artigos sobre grávidas, parto, ou amamentação, ou doenças dos primeiros meses, duvidas do sono do bebe. Perguntas de pais sem experiência, iguais a tantas que eu também fiz na altura. Como se o meu tempo como mãe de crianças pequenas tivesse passado. Ontem e sem perceber muito bem porquê comprei a revista Pais e Filhos de Janeiro e deliciei-me com os artigos. Afinal ainda posso ler estas revistas, ainda me identifico com grande parte dos mesmos. É que a adolescência é agora a minha praia e afinal ainda há espaço para mim nestas revistas, que durante tantos anos foram tão simplesmente as minhas revistas de eleição. Porque as dúvidas crescem com os filhos, não desaparecem para quem não sabe, ok? As sombras das dúvidas e dos medos estão sempre presentes na nossa vida. E a verdade é que continuamos sempre a ser mães e pais de primeira viagem. É que um adolescente também não trás livro de instruções. Os filhos crescem, nós amadurecemos como pais. Essa é a realidade mas continuamos a ter tantas perguntas sem resposta.
publicado por susana às 09:38
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 25 de Dezembro de 2012

Feliz Natal

O pai Natal não existe. Constatação deste ano. Eu digo que sim, porque o meu Pai Natal existe há minha maneira, vá!
E se calhar foi por isso que se tornaram tão turbulentas ao longo da noite de ontem. E queriam a qualquer custo abrir um presente, um qualquer, aquele que tinha nome, ou aquele que sabiam que era para eles, diziam!
Pelo menos um, até chegar a hora de os abrir todos. E melgaram a noite toda. E acabamos por abrir os presentes já depois da meia noite e eles vibraram com as surpresas. O Natal é muito mais, mas a alegria das crianças a descobrir e a imaginar o que o papel de embrulho esconde, também faz parte.
Aqui onde vivo, a consoada só acontece hoje. Por isso, por aqui, ainda é visível hoje, a azafama que antecede a grande noite, que será esta noite. O comércio está aberto, para os presentes de ultima hora, o café trabalha a todo o gás, a padaria e a sua azafama a disparar as encomendas dos fregueses. E nós de passagem, que já estamos mais à frente. A noite longa foi a de ontem. É engraçado comparar costumes, perceber que a tão poucos quilómetros de onde foi sempre Natal na noite de 24, há outro lugar, que agora também é nosso, que vive de forma especial uma outra noite, a noite de 25.
Feliz Natal aos vizinhos e aos amigos destas bandas.
publicado por susana às 11:07
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 24 de Dezembro de 2012

Feliz Natal, com "Tempo"

A todos aqueles que por aqui têm passado, um Grande Natal! Obrigada pelo vosso carinho e presença!

A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são seis horas!
Quando de vê, já é sexta-feira!
Quando se vê, já é natal...
Quando se vê, já terminou o ano...
Quando se vê perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê passaram 50 anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado...
Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas...
Seguraria o amor que está a minha frente e diria que eu o amo...
E tem mais: não deixe de fazer algo de que gosta devido à falta de tempo.
Não deixe de ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz.
A única falta que terá será a desse tempo que, infelizmente, nunca mais voltará.
Mario Quintana
publicado por susana às 05:21
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2012

Parabéns a ti

fotografia.JPG


A mais nova fez 7 anos, ontem. Portanto, acabadinhos de fazer, ainda quentinhos e a minha insónia tão querida, a pensar no momento, deixou-me cá vir escrever. A princesa acordou radiante, contou os dias para o aniversario. Andava tão entusiasmada! O bolo rosa que eu fiz, fez sucesso na escola e os meninos adoraram. O bolo de casa, o infeliz, partiu-se todo a sair da forma. Inovei na receita, um bolo diferente de ananás. E é nestas alturas em que queremos mostrar os nossos dotes culinários que as coisas correm mal. Assim já sabem, se vos acontecer, estrebuchem e fiquem tristes, é devido, mas não desanimem. Pensei sempre que a salvação passa por comprar um bolo na pastelaria, que foi o que eu fiz, pois está claro, mas o bolo que não saiu bem, pode sempre fazer um brilharete e enfeitar a mesa. É corta-lo em cubos e distribui-los em formas individuais. O que não tem remédio, remediado está, não é? Ainda assim, o mais importante é o bem estar e a alegria da minha estrela, que ontem irradiou felicidade. Isso é a maior recompensa.
Parabéns princesa!
publicado por susana às 01:41
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 9 de Dezembro de 2012

Até os pés se vestem de Natal

fotografia.JPG

publicado por susana às 21:39
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. É possivel

. Pequenos almoços saboroso...

. Palavras da minha infânci...

. Com o pensamento nas féri...

. O nascimento da M

. Devias de ter vergonha!

. Dos profissionais que faz...

. Tanto quilómetro em 2015

. Pedras no caminho

. São Silvestre 2015

.arquivos

. Novembro 2016

. Agosto 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds