Quinta-feira, 26 de Setembro de 2013

Ás vezes é isto

fotografia.JPG


Saber dar a volta. Saber calar. Saber ouvir. Saber estar. Ignorar. Respirar fundo. Acreditar. Respirar. Abrir o coração. Chorar. E amanha, quem sabe, nas horas do diabo, a força que ainda possa existir em mim, eleve para além das chamas, o inferno que consome os meus pensamentos.
publicado por susana às 22:29
link do post | comentar | favorito
|

Tartaruga de duas cabeças

image001.jpg


Faz furor num museu dos EUA e diz que é muito ativa e tudo e tudo.

Mundo estranho, este.

Tartaruga de duas cabeças faz furor em museu dos EUA
publicado por susana às 17:42
link do post | comentar | favorito
|

PESO A MAIS

A escola ainda agora começou e a mais nova já se ressentiu de dores … nos ombros!

Ontem chegou muito queixosa a casa, que a mochila estava muito pesada.

Vai-se a ver e tinha lá dentro livros que não lembravam ao diabo, pois está claro! Livros e outras coisas que tal, que bem podiam ter ficado em casa, mas enfim.

Decidiu que deveria esvaziar a pasta e que as minhas massagens seriam o remédio santo para tanto male.

E dormiu como um anjo, que diz que as minhas mãos massajam muito bem.

Hoje acordou revigorada e lá foi, bela e fresca, para a escola.

E quase que um dedo chegava, para segurar na mochila!
publicado por susana às 14:56
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 25 de Setembro de 2013

PARA UM AMIGO TENHO SEMPRE

Para um amigo tenho sempre um relógio esquecido em qualquer fundo de algibeira. Mas esse relógio não marca o tempo inútil. São restos de tabaco e de ternura rápida. É um arco-íris de sombra, quente e trémulo. É um copo de vinho com o meu sangue e o sol.

António Ramos Rosa, in "Viagem Através de uma Nebulosa"
publicado por susana às 10:54
link do post | comentar | favorito
|

Não sei porquê

Quem nunca esteve aborrecido? E qualquer um, tem esse direito mesmo que não tenha motivo. Dar a volta e lidar com este sentimento depende de nós, que podemos lutar ou então cairmos na inércia e nada fazer. Ás vezes acho que também é difícil lutarmos sozinhos, sem estímulos ou incentivos, sem um abraço ou simplesmente uma palavra tipo " Eu estou aqui se quiseres conversar". Mas quando se trata de uma criança, de um filho, que se sente aborrecido e não sabe porquê e chora porque não quer mais perguntas nem confrontos de palavras, ficamos desarmados. Ficamos de coração apertado, com vontade de o colocar numa redoma só nossa e não deixar que nada nem ninguém o possa magoar. Sentimo-nos impotentes, porque decerto também temos que ponderar se estamos a abrir-lhes as portas certas, se as nossas atitudes são as mais corretas. Outras vezes, é uma fase e não há nada que nos deva preocupar, mas o mal estar dos nossos filhos, dói-nos até aos ossos, leva-nos o sono e a alegria. Se calhar só quero mesmo que este dia passe depressa para poder abraça-lo e enche-lo de beijos, assim até se esquece que está aborrecido e fica só arreliado com tantos amassos da mãe!
publicado por susana às 09:00
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 22 de Setembro de 2013

Um domingo em bom.

fotografia.JPG


Música brasileira! Um almoço bem leve! Um mar de cortar a respiração! Uma companhia boa, a melhor! Uma paz, que o meu coração está quente como o sol!
publicado por susana às 14:22
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 21 de Setembro de 2013

E só se ouve.... O silencio!

fotografia.JPG

publicado por susana às 19:10
link do post | comentar | favorito
|

Uma casa cheia

Enquanto estávamos na piscina, apercebi-me que decorria uma festa de família num dos salões da pousada. Um baptizado. Gente bem vestida, de certeza roídos de inveja de nos verem na piscina, quase debaixo dos 40°C e claro, muitas crianças. A algazarra do costume, que quando os fedelhos se juntam, não há quem os pare. E pelas idades comparei-os com os meus filhos e a minha afilhada. Há sempre aquele mais protetor e que os mais pequenos perseguem, como o meu filho mais velho com a prima. Há sempre aquela que faz palhaçadas e faz dobrar o riso dos pequenotes, como a minha filha tão bem faz com a minha afilhada. E os três quando se juntam, só dá brincadeira certa. É a pequenina que gosta de aprender com os mais velhos e eles que gostam de a ensinar. E quando estão longe dela, falam imenso das coisas novas que já faz e que aprendeu. E as ferias de verão trouxeram grande aproximação entre eles. A caso dos avós sempre cheia de risadas e brincadeira.
publicado por susana às 19:02
link do post | comentar | favorito
|

De papo para o ar!

fotografia.JPG


Um fim de semana a dois como há muito não tínhamos. Nem as ferias que já lá vão, permitiram grandes momentos melosos e de namoro. Hoje foi o dia, até porque a partir da próxima semana a agenda dos miúdos não nos deixa alternativas para grandes escapadelas. O tempo está fabuloso, a agua da piscina está óptima, o iPad não o partilho com ninguém e o silencio hoje sabe-me pela vida. É claro que já falamos nos nossos filhos, umas quatrocentas vezes, que se aqui estivessem iam adorar o espaço e blá, blá, blá, pardais ao ninho. Mas souberam bem os beijos de hoje de manha e os abraços de despedida, quando os deixamos na casa dos avós. Eles sabem que os pais foram passear só os dois, que não lhes mentimos. Saí tão tranquila, porque não há quem trate melhor dos meus filhos, para além de nós, que os meus próprios pais. E é uma benção poder contar com um pai e uma mãe assim, como os meus. Tenho os melhores pais do mundo e os meus filhos, os melhores avós! Do amor incondicional que lhes brota do coração, das preocupações diárias connosco, do amor que transborda nas atitudes e na prontidão dos atos. E se hoje estou aqui de papo para o ar, descansada e super tranquila, devo-o à minha mãe. E é nestes momentos em que o tempo passa devagar e me entrego à reflexão, que me dou conta que existem tantos lares partidos, tantas famílias de costas voltadas e vidas sofridas sem amor. Sei, porque as observo e não me revejo felizmente nestas pinturas, porque a minha família é o meu bem mais precioso! A distancia dita regras, os momentos de ausência também existem, mas o amor que nos une é um forte que nos protege.
publicado por susana às 17:57
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 20 de Setembro de 2013

Passou-me um camião por cima

A meio da noite comecei a ter dores horríveis de estomago, que depois de muito contorcionismo, foram atenuando. De manha, tivesse eu um guindaste lá por casa, tinha-o utilizado. Assim, quase rastejei para me levantar como se o meu corpo tivesse mais uns dez quilos em cada perna. Estou tão, mas tão cansada, que me parece que este dia vai durar uma eternidade. Ai, ai

publicado por susana às 08:20
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. É possivel

. Pequenos almoços saboroso...

. Palavras da minha infânci...

. Com o pensamento nas féri...

. O nascimento da M

. Devias de ter vergonha!

. Dos profissionais que faz...

. Tanto quilómetro em 2015

. Pedras no caminho

. São Silvestre 2015

.arquivos

. Novembro 2016

. Agosto 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds