Quinta-feira, 1 de Julho de 2010

O ninho

ficou vazio.

Era prevísivel, mas não precisava de ter sido tão depressa.

Já me tinha habituado aos bébés e ontem pela primeira vez quando me aproximei da árvore, dois deles voaram céu acima.

Pela primeira vez, aconteceu, pelo menos que eu tivesse visto e fiquei triste, ao vê-los afastarem-se.

Os outros dois, imóveis, ali ficaram, até hoje.

Que o ninho ficou definitivamente vazio e diz o moreno, que já não voltam e apetece-me chamar-lhes ingratos, que partiram sem ao menos se despedirem.

O ninho há-de lá ficar, na esperança que um dia regressem e que escolham a nossa casa como o primeiro lar para as suas crias.

tags:
publicado por susana às 23:47
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Domingo, 20 de Junho de 2010

Como crescem!

São evidentes as diferenças, de dia para dia.

Estão mais crescidinhos, a ficar peludos, mas de uma fragilidade inacreditável.

Macho e fêmea não facilitam.

Sempre por perto.

 

 

tags:
publicado por susana às 23:31
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 18 de Junho de 2010

Já nasceram!!!!!!!!!!!!!!

IMG_9957.JPG

IMG_9983.JPG

IMG_9987.JPG

Cerca de duas semanas depois.

Ao contrário dos últims tempos, em que raramente saía do ninho, agora é vê-la numa azafama constante, em busca de alimento para as suas crias.

São tão pequeninos, é impressionante, pouco maiores que uma unha, um biquinho amarelo minúsculo, carecas, tão frágeis.

E é uma novidade para todos!

E os meus filhos querem ficar com eles e até já têm alguns nomes em vista para os pequenotes.

Para já não adianta muito explicar-lhes, que um dia destes, quando estiverem preparados para voar, vão deixar o ninho, assim como acontece com os nossos próprios filhos. 

Mas cá para nós, isso agora não interessa nada, que queremos aproveitar ao máximo todos estes momentos, que esta é uma das ínfimas vantagens de viver no campo

 

 

 

 

publicado por susana às 07:50
link do post | favorito
|
Segunda-feira, 7 de Junho de 2010

O ninho

Numa árvore do nosso jardim.

Quatro ovinhos minúsculos.

Resta-nos aguardar ansiosos, pelo nascimento das pequenas crias.

 

tags: ,
publicado por susana às 23:16
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. O ninho

. Como crescem!

. Já nasceram!!!!!!!!!!!!!!...

. O ninho

.arquivos

. Novembro 2016

. Agosto 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds