Quinta-feira, 26 de Janeiro de 2012

De volta à civilização

Sem luz, durante quase cinco longas horas. Um jantar que ficou pela metade, uma casa às escuras, sem internet, sem televisão sem telefone e até sem telemóvel que o desgraçado ficou sem bateria. É que uma desgraça, nunca vem só e sim havia carne para assar no forno. Ou melhor, ainda há, crua no frigorifico. Logo hoje, peru recheado com legumes, isto mais parece uma anedota. E a falta que a eletrocidade faz. Quer uma pessoa actualizar as notícias do Facebook e não pode!

tags:
publicado por susana às 01:46
link do post | comentar | favorito

Da perplexidade dos actos

Sei o que é um murro no estômago. Já o senti várias vezes e dói ainda mais quando nos apanha desprevenida. E dói, mesmo que não tenhamos sido nós a sofrer esse golpe. O infortúnio bate mesmo ao nosso lado e o coração fica apertado, pequenino, o dos outros e o nosso. Mal dá para respirar e tudo se questiona e a pergunta de sempre impera! Vale a pena? Mas afinal o que é que vale a pena? E é impossível ficar indiferente a tanta desilusão que passeia à nossa volta. E o ar que se respira fede e transborda de hipocrisia. Um murro no estômago dói. Mesmo que a dor tenha uma intensidade ou significado diferente, dói! Mesmo que o murro no estômago não tenha sido para nós, é impossível ficar indiferente ao sucedido. Dói!

publicado por susana às 01:36
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 25 de Janeiro de 2012

Era bom não era?

E depois de dois dias de molho em casa dos avós, a mais nova regressou à escola. Ainda não está totalmente recuperada tendo em conta que a tosse é mais persistente do que ela. De qualquer forma, ainda me tentou demover. Aliás, tentaram os dois. De termómetro em punho acharam por bem ver se tinham febre, é que se assim fosse, não podiam ir à escola. Chatice, o dito, não acusou temperatura e lá se vestiram contrariados. Da mais nova até entendo, que ainda se deve sentir combalida, das noites mal dormidas, em sobressalto constante provocado pelos ataques de tosse. Com o mais velho, já é mais ronha e isso também não é fácil de combater. Se ao menos melhorasse com uma colher de xarope para a preguiça..... Também as manhas frias não ajudam e a caminha quente muito menos! Ai, ai. Já tenho saudades do calor. Acho que temos todos. Das noites em que sabe bem destapar um pé e colocar a perna fora da cama, por cima das mantas. Saudades dos calções e das mangas curtas e das noites estreladas que nos fazem aproveitar o jardim depois de jantar. Adoro a lareira acesa e por aqui tem sido um queimar de lenha que nunca mais acaba, mas tenho saudades do calor, tenho. Se ao menos pudesse fugir para um destino de sol e muito calor. E era o que bastava. Pronto, afinal sou eu que estou com febre. Já entrei em delírio! A ver se isto volta ao normal, com uns paninhos frios!

tags:
publicado por susana às 10:39
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 24 de Janeiro de 2012

Casa Grande - Chocolatier

fotografia 1.JPG

fotografia 2.JPG

fotografia 3.JPG

fotografia 4.JPG

Que tentação! E por mais voltas que se dê, damos de caras com o rei da loja, o chocolate. E a loja de Arcozelo, em Gaia, é bem pequena, por isso, se a intenção for fugir, o melhor mesmo é não entrar. O chocolate, vestido de variadas cores e formas, mas com aquele aspecto que não deixa dúvidas. E o difícil é mesmo escolher. O artigo é nacional, não é propriamente barato, não senhora, mas é uma delicia, um verdadeiro manjar dos deuses. E para os amantes do café, os paus de canela com chocolate, são uma delicia. Enquanto adoçam , deixam um perfume doce e vestígios de chocolate derretido, que se envolvem e misturam. Um café aveludado. Uma irresistível tentação! Os miúdos experimentaram os bombons e o parecer foi dos melhores. O creme para barrar, de chocolate e avela deve ser divinal e o chocolate branco em cama de frutos secos? Bem, só mesmo experimentando, que isto de descrever deixa crescer muita agua na boca.

publicado por susana às 04:32
link do post | comentar | favorito

A partida dói

As despedidas marcaram-me sobremaneira. Detesto-as e ao longo da minha infância foram uma constante. As partidas do meu pai para longe. Marcaram-me para sempre. Detesto as despedidas e ainda hoje num aeroporto choro, quando vejo alguém que parte com o coração destroçado. Não sou capaz de ficar indiferente. E desvio o olhar e repito em silencio a mesma oração de sempre, também pelo outros, os que partem e deixam para trás a família. Dos reencontros há grandes e boas lembranças mas a despedida entranhou-se de tal forma, que ainda hoje dói.

publicado por susana às 03:52
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 23 de Janeiro de 2012

Cycling

fotografia.JPG

Bem, dizer que estou rota, é pouco. Teimosa como uma mula, portei-me bem, tendo em conta que não praticava esta actividade há muuuuiiiito tempo. Confesso que tive que abrandar umas duas os três vezes e saí da bicla a custo. Depois tive que me arrastar até ao balneário, mas chegar ao fim e sentir a leveza do dever cumprido, alimenta-me o ego. Um dia de cada vez, a ver se chego longe.

tags:
publicado por susana às 22:19
link do post | comentar | favorito
Domingo, 22 de Janeiro de 2012

Couve-flor Romanesco

 

Diz que é oriunda de Itália. Achei-a linda e acreditem que ao vivo é mesmo muito engraçada. Para lá de original.

Não conhecia e ao que parece, apresenta um sabor mais sofisticado do que o brócolo. Suficientemente suave que é mesmo comido cru.

Do sabor não sei, mas deu-me uma vontade enorme de experimentar. De salientar que também é bem mais cara que a couve-flor tradicional, mas acredito que valerá a pena.

Que linda flor!

publicado por susana às 16:07
link do post | comentar | favorito

Pegadas na praia

 

 

 

 

 

 

Mais do que convidativo, um dia lindo, cheio de sol. Hoje senti vontade de caminhar na praia e sentir a areia escapar-se por entre os dedos. Ainda assim fria, como a água do mar. Que não chegou para me demover e foi bom sentir o sussurrar das ondas que beijavam a areia e arrastavam consigo as palavras que eu ia escrevendo. Segredos, doidices, coisas minhas... 

 

publicado por susana às 15:37
link do post | comentar | favorito

Cuidado com o vírus

Ranheta, tosse, febre e dores de cabeça. Os ingredientes perfeitos para deixar a mais nova em modo out. E tinha que ter mesmo algum motivo para se queixar, caso contrário,ontem pela manha, já tinha cantado 574 canções, dançado mais umas tantas vezes e feito de certeza a vida negra ao irmão, enquanto estariam por certo a disputar o comando da televisão, que aqui o comando não é MEO, é de todos! Mas não, com aquelas faces ruborizadas, aninhou-se e de tão quieta a gente desconfiou. Depois de uma visita à pediatra, que por sinal foi bem demorada, que os cachopos andam a ficar todos doentinhos, lá veio a sentença. De maneiras que já está medicada, que não se livrou do famoso antibiótico, tudo por culpa de uma otite que veio tirar ferias para o ouvido da pequena. E ás vezes dou por mim a pensar que os meus filhos bem podiam ser mais pachorrentos, mas já sei que quando isso acontece, eles não estão bem. Vale mais deixa-los pular e saltar e depois mandar vir um ralhete.

publicado por susana às 09:43
link do post | comentar | favorito
Sábado, 21 de Janeiro de 2012

Bolachas sem ovo

 

Experimentei estas bolachas porque não tinha ovos em casa. Prometi aos meninos que as fazia mas sem ovos era difícil preparar as bolachas que já costumamos fazer cá em casa. Sem vontade de voltar ao supermercado, fiz uma pesquisa na net. A saber, há imensas receitas para experimentar.

 

250gr de manteiga

250gr de açucar

700gr de farinha sem fermento

2dl de leite

1 pitada de sal

 

Bate-se a manteiga amolecida com o açúcar, acrescenta-se o leite e metade da farinha. Envolve-se bem e por fim acrescenta-se a farinha restante.

Dividi a massa em quatro porções iguais e acrescentei a cada uma delas, canela, chocolate em pó, raspa de limão e coco.

Vão ao forno durante 15 minutos a 180º graus.

Um óptimo acompanhamento para um chá numa tarde fria.

 

 

publicado por susana às 16:35
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31

.posts recentes

. 2019 a terminar!

. Caminhos

. Insónias

. Saudades e pipocas

. Girassóis

. Sunset

. Exercitar a mente

. Contemplação

. Taxa de álcool no sangue!...

. Vou ou não?

.arquivos

. Dezembro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2016

. Agosto 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub