Sábado, 7 de Abril de 2012

Até Santiago de Compostela IV

fotografia.PNG


Supostamente deveriam ter terminado hoje. Estão a cerca de 50 quilómetros do destino, mas o dia de hoje correu bem, apesar de tudo. Compensaram o tempo perdido dos dias anteriores e hoje pedalaram cerca de 120 quilómetros. Já sem neve pelo caminho, mas ainda assim com muito frio. Diz que hoje não se livra da pomada e que só quer a cama para descansar. Ao grupo, só posso desejar uma noite de sono, reparadora. Durmam bem!
Amanha a viagem não será tão violenta!
publicado por susana às 22:24
link do post | comentar | favorito

HÚNGAROS

fotografia 4.JPG

fotografia 5.JPG

fotografia 1.JPG

fotografia 2.JPG

300g farinha

50g custard powder

150g manteiga amolecida

100g açúcar em pó

2 gemas

20ml leite

gema para pincelar

chocolate q.b.

 

Ligar o forno a 180ºC.

Juntar todos os ingredientes e misturar até obter uma massa homogénea.

Colocar a massa em película aderente e levar ao frigorífico durante 30 minutos.

Estender a massa numa superfície com farinha, com cerca de 5mm de espessura, e fazer os recortes com as formas para bolacha.

Colocar as bolachas num tabuleiro, forrado a papel vegetal.

Pincelar com gema e levar ao forno durante 12 minutos. 

Derreter o chocolate e molhar metade da bolacha, colocando as bolachas em cima de papel vegetal para o chocolate voltar a solidificar.

 

A receita veio daqui. Acreditem que podem bem ser, confundidos com os húngaros da pastelaria. Os meus filhos dizem que são iguais e neles acredito. Há muito que procurava esta receita e não descansei enquanto não experimentei. 

Parece que o segredo está no pouco tempo de cozedura e no uso do custard powder.

Encontram no continente ao pé das farinhas. Tem um aroma delicioso a baunilha e foi a primeira vez que a utilizei.

Estas bolachinhas são fantásticas! Vão a correr experimentar, vale mesmo a pena! Muito saborosos!

publicado por susana às 15:12
link do post | comentar | favorito

As cores da Primavera

Encantei-me com estas duas cores, azul e rosa!. Tanta para ele, como para ela. Apesar do leque de cores ser enorme, rendi-me ao rosa!

 

publicado por susana às 14:42
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 6 de Abril de 2012

Poemas declamados

Hoje vi uma entrevista feita à actriz Dalila Carmo. Declamou poemas lindíssimos de Florbela Espanca e fez-me recordar tempos antigos, de menina. Em frente ao espelho do meu quarto, declamei eu, tantas vezes em voz alta, poemas. Palavras carregadas de emoção e prazer. Embaladas pela minha voz.
publicado por susana às 22:41
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Lorax

fotografia.JPG

O guardião da floresta. Uma criatura engraçada e muito empenhada. Um filme que agradou muito, aos mais pequenos.

publicado por susana às 22:14
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Até Santiago de Compostela III

fotografia.PNG


O Peregrino

À frente dois caminhos
Um em nada me dá
O outro sem destino
Me empurra pra onde?

Sei lá.

O gozo desta incerteza
Está na vida a brincar
Tecendo como uma teia
Não sei onde vai me levar

Caminhos e mais angústias
Sofrer é mesmo levar
No peito tamanha amargura
Da incerteza do lugar

Inseguro sigo adiante
Ante as pedras a me driblar
Neste instante paro diante
De pessoas a me espreitar

Peregrino - Onde vaís?
Diz a voz a me indagar
O silêncio da resposta
Faz a voz sobresaltar

Peregrino - Onde vaís?
Insiste a voz a me parar
Vou ao fim deste caminho
Pro novo início começar

Por que não paras, Peregrino,
E voltas ao teu lugar?

Procuro a essência voz amiga...
Um dia hei de encontrar.

Que essência, Peregrino?
A da vida voz amiga.
Risos soltos envolvem a brisa
Que embassava aquele lugar

Está turvo voz amiga
Não consigo te olhar
A resposta Peregrino
É esta... vou te contar

A essência está na vida
De quem ela a encontrar.
Peregrino volte à lida
E comece a meditar

Obrigado voz amiga
Mas não posso parar
Perdi o caminho de volta
Como posso voltar?

A resposta está em si
E Não neste lugar
Qualquer caminho serve
Pra sua alma confortar

Medite, peregrino, medite
E pare de vez este andar
Não adianta buscar...
O que é do seu lugar

Este sonho que tive
Me deixou a meditar
Porque a voz amiga
Não me disse o que era Amar.

Belisario Retto de Abreu
publicado por susana às 18:57
link do post | comentar | favorito

Até Santiago de Compostela II

fotografia.PNG


Não parou de nevar durante todo o dia. Não está a ser fácil. Ainda tem muito caminho pela frente, mas a paisagem é deslumbrante.
E para o ano havemos de organizar as coisas de outra forma. A ver se vos acompanho e vos dou apoio. Que dizer agora de uma chávena de café quentinho? Ia, não ia?
publicado por susana às 17:59
link do post | comentar | favorito

Uma palavra de sonho: Mãe

Das técnicas de fertilização pouco sei, mas o desgaste psicológico que provocam é evidente e aterrador. Convivo de muito perto com duas experiências de vida, idênticas, duas tentativas de fecundação, espaçadas apenas, por uma mão cheia de dias. Duas mulheres que também se conhecem, que trabalham juntas inclusivamente e que choram no ombro uma da outra. Partilham experiências e afectos e dentro de poucos dias saberão se estão perto de concretizar o sonho de serem mães, ou não. O desespero é enorme e durante as duas semanas de espera, a vida pára. Escolhem o isolamento e temem uma qualquer palavra ou pergunta. É impossível não fazer planos. E mesmo que proíbam esses pensamentos mais ousados, eles arranjam sempre uma forma de lhes assaltar o coração e de lhes fazer frente. Tentam abstrair-se daquele que parece ser o seu único pensamento e se o fazem por uns escassos minutos, logo lhes vem ao pensamento, o sonho de uma vida. Não sei se a luta dos últimos anos foi em vão. Não sei se tem que ser assim. Não sei se acaba aqui. Sei da alegria que sentem quando vêem um bebé e o pegam no colo. Sei da angustia que carregam e da frustração que as consome. Uma tristeza sem fim nuns olhos carregados de água.

tags: ,
publicado por susana às 07:03
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Até Santiago de Compostela

De bicicleta, desde Bragança até Santiago. Deixaram o Porto na quarta feira. Partiram de autocarro e levaram nas mãos uma mochila pequena, com o indispensável. Partiram rumo a Bragança e ontem de manha, já de bicicleta, percorreram cerca de 80 quilómetros, menos 20 do que estava previsto. O frio e a chuva, raramente os largou e o percurso foi-se tornando cada vez mais árduo. Anteciparam a dormida. Depois de jantar, falamos escassos minutos ao telefone e a voz cansada, reclamava cama e descanso. Hoje espero que consigam todos, chegar ao fim da jornada e que recuperem os vinte quilómetros que ficaram por fazer, ontem. Que a neve que caiu durante a noite não impeça o trajecto e que nenhum sobressalto os desencoraje. Força malta, vocês conseguem!
publicado por susana às 06:34
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 5 de Abril de 2012

Fim de semana prolongaaaaaaaaaaaaaaaado

Três dias da mais pura sorna. A noite não podia ter começado da melhor forma. Depois de um jantarinho simples, um serão confortavelmente passado junto à lareira! Mais um cobertor quentinho e uma amêndoas de chocolate!

Desejo-vos a voçes ai desse lado, uma Páscoa muito doce!

publicado por susana às 21:42
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31

.posts recentes

. 2019 a terminar!

. Caminhos

. Insónias

. Saudades e pipocas

. Girassóis

. Sunset

. Exercitar a mente

. Contemplação

. Taxa de álcool no sangue!...

. Vou ou não?

.arquivos

. Dezembro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2016

. Agosto 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds