Domingo, 19 de Agosto de 2012

Doses individuais

fotografia.JPG


Quem não gosta de gelatina? Cá em casa, costuma haver sempre uma taça de gelatina no frigorifico. Os novos sabores de mirtilo e melancia estão aprovados. Em doses individuais para levar para o trabalho, desde que exista um frigorifico por perto. Uma óptima opção para quem se preocupa com a linha, ou gosta de algo refrescante. É sempre uma boa alternativa ao iogurte líquido ao a uma peça de fruta. E em frascos individuais ficam um mimo. Até se acomodam melhor no frigorifico!
publicado por susana às 21:45
link do post | comentar | favorito

Constatações

E pela terceira noite consecutiva deito-te tardíssimo, muito depois da meia noite, o que para muitos até pode ser o pão nosso de cada dia, para mim não o é. E pela terceira noite consecutiva durmo como um anjinho.
publicado por susana às 01:38
link do post | comentar | favorito

PENEDO FURADO

Diz, que a Praia Fluvial do Penedo Furado, em Vila de Rei, está entre as finalistas no concurso 7 Maravilhas – Praias de Portugal.

Já lá não íamos há uns bons quatro anos e hoje decidimos lá voltar. Agosto é sinónimo de muita gente em todo o lado e a praia estava cheia. Ainda assim valeu a pena, claro! Esteve muito calor, perto de 40ºC, como eu gosto. Muitos mergulhos, banhos com fartura, churrasco à maneira e passeios a pé, que as piscinas naturais estão escondidas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

publicado por susana às 00:16
link do post | comentar | favorito
Sábado, 18 de Agosto de 2012

Um borracho

fotografia.JPG


Quase irreconhecível, não?
publicado por susana às 23:08
link do post | comentar | favorito

Recordar é viver

fotografia.JPG

A cidade de Tomar mudou muito nos últimos anos. Nos últimos quinze anos, cresceu, há quem diga que evoluiu, ou que entristeceu. Há quem diga que todas as mudanças são fruto da evolução. Locais que me eram tão familiares, deixei de os reconhecer, outros deixaram simplesmente de existir. Outros estarão intactos, iguais. Como o bar Casablanca. Ontem, depois de deixarmos os miúdos na casa da tia, percorremos a cidade a pé. A noite estava agradável e acabamos no Casablanca a beber um copo. Mais vazio que o habitual, afinal estamos em Agosto e o pessoal está de ferias. Os estudantes estão nas suas terras. Mas quando a porta se abriu recuamos no tempo. Mais de uma década. E foi tão bom!

publicado por susana às 23:06
link do post | comentar | favorito

Ampunheta!

fotografia.JPG


Há quem lhe chame assim!
publicado por susana às 22:37
link do post | comentar | favorito

O filho de mil homens

fotografia.JPG

O livro comprei-o no passado sábado, numa pequena feira, em Melgaço. A vontade de o ler, fez-me abrir o livro, ainda nessa noite. Fui devorando aquelas páginas e fazendo pequenas dobras nas folhas com algumas passagens que sabia mais tarde, ia querer partilhar em voz alta, outra vez e outra vez. Uma história feita de varias historias. Vidas distintas, que se cruzaram. Personagens infelizes que por força do destino, das decisões, dos caminhos, das atitudes, viram as suas vidas interligadas. Vidas famintas e infelizes. Vidas feitas de metades, que quando se uniram, conseguiram finalmente ser felizes. As páginas do livro oferecem-nos momentos feitos de pedaços dispersos, de homens, mulheres, novos e velhos, crianças, todos diferentes entre si. Pedaços que depois de se encontrarem formaram o mais belo quadro da família improvável feliz. Dos sonhos que se revelam tarde ou dos sonhos de uma vida. Da amargura de se ser sozinho, sem amor. Do nascer de novo, apenas e só porque se aceitou a si próprio. Do pilar de uma vida, a família, que também se escolhe. Ontem terminei o livro. Da viagem de casa para Tomar, para um fim de semana de muito calor, desejei que se alonga-se um pouco mais, só para que pudesse devorar aquelas páginas. A inquietude apressou-me e em menos de nada acabei de o ler.

tags:
publicado por susana às 22:36
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 17 de Agosto de 2012

Abandono-me

Tanto tempo sem escrever! Como se tivesse abandonado o meu cantinho que tanto estimo. Talvez me tenha abandonado a mim e entre dias de férias e outros de grande azáfama, desliguei-me. Hoje, o primeiro dia de trabalho depois de duas semanas longe do corrupio que pautou o ultimo ano. Não foram dias inesquecíveis, como dias de outros anos, poucos momentos aprazíveis até! Que os planos também saem furados, que aquilo que se espera não acontece, que o valor das coisas tem conta, peso e medida e tudo vale o que vale e nada vale tanto, como tanto perde o interesse. O encantamento das canções e dos sorrisos perdeu-se na areia da praia A brisa da manha não foi suficientemente capaz de me transformar. O azedume há-de passar, mas não me sinto imune para voltar a sorrir. Há falta de encantamento, verto lagrimas de dor. E ainda quero acreditar que hei-de ser capaz de ver um raio de sol num dia de intenso nevoeiro. Assim se passaram alguns dias, na semana passada. O sol, nem vê-lo! Só nevoeiro denso!
publicado por susana às 01:05
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 10 de Agosto de 2012

Obras versus férias

Não acredito que se consiga encontrar melhor conjugação. Férias e obras em casa. Sinal de caos, portanto. Estamos ansiosos pelo resultado final, mas o lixo e o pó, resultado das obras, deixa-se em estado de choque. Enfim, hão-de ficar prontas até sábado, assim esperamos e depois é limpar, limpar e limpar e saber que durante semanas ainda há-de andar pó pelo ar. Acho que ninguém gosta de obras, só mesmo do resultado final, que costumamos dizer, compensa tudo, que a casa fica mais gira, mais acolhedora. O tanas! Obras em casa é do pior que há. A invasão da nossa privacidade, os bitaites dos pedreiros, o uso da sanita e as tampas sempre levantadas, como eu detesto. Tudo em bom. Férias sem nortadas, com muito nevoeiro e mau humor quente. Tudo bons ingredientes para uns dias inesquecíveis. A ver se remediamos qualquer coisa ainda no inicio da semana, noutras paragens.

tags: ,
publicado por susana às 07:24
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 9 de Agosto de 2012

A layla nasceu

E desde ontem voltamos a ver a nossa família aumentada. E continua a dominar o sexo feminino.
Uma linda menina. Uma princesa. Parabéns aos recentes papás e aos extremosos avós.
publicado por susana às 19:33
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Caminhos

. Insónias

. Saudades e pipocas

. Girassóis

. Sunset

. Exercitar a mente

. Contemplação

. Taxa de álcool no sangue!...

. Vou ou não?

. A velhice é do caraças

.arquivos

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2016

. Agosto 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds