Sexta-feira, 15 de Abril de 2011

Um sonho mau

Posso afagá-lo antes de dormir, contar-lhe a história do livro preferido, acender a luz de presença ou fazer um nó no lençol. Falar-lhe baixinho ao ouvido, ouvir as peripécias do dia, que ele insiste em contar ou simplesmente sentar-me a seu lado enquanto o sono vai chegando.

Posso até deitar-me ao lado dele, dividir o mesmo travesseiro e senti-lo respirar junto ao meu pescoço. Até posso deixar que se deite na minha cama, que adormeça em paz, mas nada disso impede muitas vezes, os sonhos maus. Aqueles sonhos que os amedrontam, que os assustam, que os fazem acordar alagados em lágrimas durante a noite, que os inundam de medo.

E depois repetimos tudo de novo. Deitamo-nos a seu lado, damos-lhes a mão e cantamos uma canção em tom baixo, mas o sonho, esse, não temos como o impedir e ele vem sem pedir licença.

Um destes dias, sonhou com um comboio e que tinha morrido. Lembrava-se de todos os pormenores, do que tinha provocado o acidente, dos momentos seguintes, da cama de hospital, de quem estava a seu lado, de como lhe ralhei pela distração e de como tudo terminou. E o que me contou, deixou-me arrepiada e quanto mais o ouvi, mais assustada fiquei. Ele conhece bem aquela passagem e atravessa-a com alguma frequência, eu diria. E ás vezes sonhamos com coisas que parecem surreais mas outras vezes, tão próximas de nós, que nos assustam mesmo.  

  

 

publicado por susana às 22:37
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Caminhos

. Insónias

. Saudades e pipocas

. Girassóis

. Sunset

. Exercitar a mente

. Contemplação

. Taxa de álcool no sangue!...

. Vou ou não?

. A velhice é do caraças

.arquivos

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2016

. Agosto 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds