Terça-feira, 4 de Maio de 2010

DIA DA MÃE

Não podia deixar passar esta data em branco, sem uma homenagem sentida e merecida.

Uma mulher extraordinária, uma mãe singular e uma avó extremosa.

Lembro da adolescencia e da minha juventude, os choques constantes.

Colisões certas entre desatinos e desvarios.

Os diálogos eram quase inexistentes e porque sim, era a resposta que calava as nossas conversas e me deixava enraivecida e dava como certo o azedume instalado na nossa relação.

Nada disto abalou o amor que sentimos sempre uma pela outra.

Ao longo dos anos apenas quisemos que uma e outra tivessem sido diferentes.

Que eu tivesse sido menos respondona, mais recolhida, com pouca sede de conhecer o mundo e que ás vezes estava tão perto.

Que tu me tivesses sabido compreender e partilhado muito mais, do que notas da escola que não eram as melhores, que tivéssemos passeado de mãos dadas e fossemos além da relação de mãe e filha e tivéssemos sido apenas duas amigas, mesmo que por breves momentos.

Não fomos confidentes.

Não foi propriamente assim.

Hoje é!

 

 

Exteriorizamos a nossa preocupação pela outra.

Não nos coibimos de afectos, rimos muito, juntas, do hoje e até do passado.

Partilhamos vivencias, constrangimentos, inseguranças, preocupações e muitas, muitas alegrias.

Não passa um dia sem que falemos ao telefone por breves minutos que seja, para um beijo, para um olá, porque sim.

Aceitamo-nos como somos e sabemo-nos diferentes.

Por toda a vida que viva, agradeço-te toda a dedicação e a educação deu frutos.

Reconheço o total esforço e o emprenho, que em determinados momentos foram quase que sobre-humanos por conta de circunstancias tão agrestes como em alguns momentos da nossa existência.

Amo-te, mãe!

publicado por susana às 12:31
link do post | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31

.posts recentes

. 2019 a terminar!

. Caminhos

. Insónias

. Saudades e pipocas

. Girassóis

. Sunset

. Exercitar a mente

. Contemplação

. Taxa de álcool no sangue!...

. Vou ou não?

.arquivos

. Dezembro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2016

. Agosto 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub