Quinta-feira, 1 de Agosto de 2013

Meu querido mês de Agosto

Agosto é sinonimo de férias, indiscutivelmente. Pelo menos para mim!

Há anos que faço ferias nesta altura do ano, pelo menos o período maior. Felizmente tive sempre essa facilidade e efetivamente é o meu mês de eleição para as chamadas, férias grandes. Por norma, é nesta altura do ano que se saboreiam grandes momentos em família, quando os beijos dos filhos sabem a sal e têm aquele toque areado, que só a praia é capaz de oferecer.

Bebem-se uns copos, alimenta-se a gula, tranca-se a sete chaves a balança, vive-se devagar, dorme-se mais, de forma desregrada, como eu gosto, que as regras e a monotonia guarda-se para o resto do ano.

Adoro fugir por uns dias noutro mês qualquer, que até pode ser em Junho ou Julho, como aconteceu este ano, mas não me vejo sem tirar férias em Agosto.

Mesmo depois de uma semana vivida ao máximo, como a ultima, praticamente dentro de água, intercalando com momentos de leitura, prazeres da degustação, sestas, muitas brincadeiras e pura contemplação, que os meus olhos se encantaram, não me fartei. Por isso o resto vem com as férias do mês de Agosto, por vbbbcá, entre portas, na minha casa, na praia do costume, em ambiente familiar.

Vai-se lá perceber porquê!

Mas eu sei, que enquanto uns fogem da confusão dos dias carregados de emigrantes, das praias apinhadas, das filas intermináveis, das esplanadas à pinha, eu limito-me a gostar.

E quando não me apetece confusão fujo e refugio-me, por opção. Outras vezes vejo-me a ir ao encontro da balbúrdia e da desordem, que também me enchem as medidas, porque em Agosto tudo é permitido. E quem não gosta, ou não apetece, pura e simplesmente que se afaste e não reclame, porque Agosto é isso tudo!

A seu tempo chegarão os dias mais calmos, a rotina, os horários. A seu tempo volta-se aos hábitos do costume, ou quem sabe, se renovam métodos. Fecha-se um ciclo, mas só quando terminar Agosto, entretanto aprecia-se!
tags: ,
publicado por susana às 08:12
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Caminhos

. Insónias

. Saudades e pipocas

. Girassóis

. Sunset

. Exercitar a mente

. Contemplação

. Taxa de álcool no sangue!...

. Vou ou não?

. A velhice é do caraças

.arquivos

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2016

. Agosto 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds